15 certificações em TI importantes para carreiras e empresas

Umas das áreas onde os profissionais mais precisam buscar novos conhecimentos é, definitivamente, a de Tecnologia da Informação (TI). Isso porque é uma área muito dinâmica e novas tecnologias são introduzidas constantemente. Sendo assim, a procura por profissionais com certificações em TI e alto grau de conhecimento técnico só aumenta.

Uma maneira indispensável para os profissionais de TI se atualizarem e se destacarem, sem dúvida, é com as Certificações em TI. Mas para entender melhor algumas delas e sua importância, preparamos este conteúdo. Confira com a gente!

Por que apostar em uma certificação de TI?

Bom, em geral, essas certificações em TI servem para que os profissionais comprovem o conhecimento sobre determinada tecnologia, área específica ou metodologia.

Por que apostar em uma certificação de TI? | TiFlux

Uma das grandes vantagens de se contratar pessoas certificadas, é a credibilidade que sua empresa vai passar para os clientes por ter um profissional certificado responsável pelo atendimento.

Atualmente, existem muitas certificações em TI disponíveis no mercado, mas isso não significa que o profissional precisa ter todas. É preciso conhecer as opções e quais certificações são mais utilizadas no mercado nacional ou na região que este profissional atua.

Pensando em como te auxiliar, listamos as 10 certificações em TI que as empresas mais procuram no currículo dos candidatos para contratação. Acompanhe!

1- VMware VCP-Cloud

A computação em nuvem está em alta, assim como as certificações de tecnologias em torno do tema.

A mais comum quando o assunto é esse, sem dúvidas, é a de VMware VCP-Cloud. Nela, você vai validar e comprovar suas habilidades e experiências que são necessárias para instalar, configurar e administrar um ambiente de nuvem usando o VMware Cloud Automation Center  — solução de automação e gestão em nuvem —, assim como os componentes relacionados à ferramenta principal.

VMware Certified Professional for Cloud Management and Automation.

O profissional com a certificação VCP-Cloud terá uma base sólida de conhecimentos e habilidades de gerenciamento de ambiente vSphere. Também terá um conhecimento em conceitos de infraestrutura em nuvem dos tipos públicas, privadas, híbridas, multitenancy. Além de aprender sobre procedimentos de segurança das infraestruturas online.

2- ITIL

O  ITIL — Information Technology Infrastructure Library — é um biblioteca que foi criada pelo governo britânico para reunir as melhores práticas para o gerenciamento e execução de atividades de TI. Essa certificação é reconhecida no mundo e, por isso, é uma das certificações mais procuradas por profissionais de TI. E uma das mais caras da lista.  

O profissional com certificação no ITIL tem a capacidade de aplicar qualidade nos atendimentos e serviços de TI. Além de ter conhecimento para reduzir custos operacionais, aumentar produtividade, criar rotinas de manutenções corretivas e elevar a segurança dos ativos.

Ainda, terá conhecimento das melhores práticas e soluções para cuidar do gerenciamento de serviços de TI. A certificação ITIL tem 4 níveis: Fundamentação, Intermediário, Expert e Master. Acesse o site para saber mais sobre a certificação ITI.

Nosso Software Service Desk, o TiFlux, foi desenvolvido baseado na metodologia ITIL. Nós democratizamos em nossa plataforma, de forma muito intuitiva, guiada pelos conceitos dela.

Empresas que a utilizam conquistam melhores resultados nos seus serviços graças a sua dinâmica. Suas boas práticas apresentam uma maneira eficiente de se organizar e priorizar solicitações em suas filas e escalonamentos específicos. Tal estrutura reduz custos de retrabalho, desfoque dos profissionais, tempo desperdiçado buscando dados e informações, etc.

3- Oracle Certified Professional Advanced PL/SQL

Esta é uma das certificações em TI mais procuradas da Oracle. Ela foi desenvolvida para os profissionais que trabalham ou irão trabalhar com desenvolvimento de aplicativo de internet centrados em bancos de dados.

A realização do exame consiste com a Oracle liberando um conjunto de ferramentas de desenvolvimento de aplicativos que suporta todo tipo de abordagem de progressão.

O requisito para ser aprovado e o profissional receber o certificado da Oracle é conseguir passar em pelo menos uma destas certificações:

  • Oracle Database 11g Administrator Certified Professional;
  • Oracle Certified Professional da Oracle Database 12c;
  • Oracle PL / SQL Developer Certified Associate;
  • Oracle Database SQL Certified Associate;
  • Oracle Database SQL Certified Expert.

Confira no site oficial como ser um Oracle Certified.

4- COBIT

O COBIT — Control Objectives for Information and related Technology —  é um guia para gestores de TI. Ele possui diretrizes com base em auditoria para processos, práticas e controles de TI. Em outras palavras, é voltado para redução de risco focando na integridade e segurança.

Essa certificação é muito procurada por profissionais da área de TI em geral, principalmente os envolvidos em governança de TI como administradores de TI, administradores de Segurança Cibernética e auditores de sistemas.

O profissional que possui conhecimento no COBIT pode aplicar as melhores práticas de governança de TI, além de saber administrar os riscos do negócio e os aspectos tecnológicos.

A instituição responsável, ISACA  —Information Systems Audit and Control Association —, não fornece nenhuma certificação específica, mas disponibiliza um exame feito para testar os conhecimentos básicos do COBIT Foundation.

Dicas para quem esta começando uma carreira de prestador de serviço

5- CySA

Essa certificação é outra bastante procurada por profissionais da área de segurança cibernética. A CySA é conhecida como certificação de analista de segurança cibernética da CompTIA.

No exame, o profissional vai validar sua capacidade de gerenciar a segurança de TI. Com o certificado em mãos, ele demonstrará ser capaz de detectar, prevenir e combater as diversas ameaças cibernéticas altamente complexas que existem nos dias de hoje.

A certificação foi desenvolvida pelas seguintes organizações:

  • Ricoh;
  • Integra;
  • Northrop Grumman;
  • Target;
  • Linux Professional;
  • Dell.

O profissional aprovado no exame da CySA terá um certificado assegurado pela norma ISO/IEC 17024:2012 e em conformidade com o ANSI  — American National Standards Institute —.

6- PMP

Essa certificação não pode faltar no currículo de gestores de projetos. O nome já diz muita coisa: Project Manager Professional (PMP). Uma das certificações mais procuradas para quem gerencia projetos, ela é emitida pelo PMI®, instituição sediada na Pensilvânia, nos Estados Unidos.

O profissional que tem certificação PMP comprova conhecimentos necessários para ter sucesso em 100% dos projetos que gerenciar desde o planejamento até a entrega final, passando pela execução e monitoramento.

Essa certificação possui duas categorias e, para fazer realizá-la, o candidato precisa preencher alguns pré-requisitos:

Categoria 1

  • Possuir um diploma de graduação com duração mínima de 4 anos.
  • Ter trabalhado com gerenciamento de projetos por no mínimo 3 anos.
  • Possuir no mínimo 4.500 horas na liderança de projetos.
  • Possuir 35 horas de formação em gerenciamento de projetos.

Categoria 2

  • Possuir diploma de ensino médio.
  • Ter trabalhado 5 anos com gerenciamento de projetos.
  • Possuir 7.500 horas na liderança de projetos.
  • Possuir 35 horas de formação em gerenciamento de projetos.

Essa é uma das certificações mais difíceis da lista. Porém, é uma certificação reconhecida no mundo todo e isso faz toda a diferença no currículo do profissional que gerencia projetos. Especialmente na hora de procurar um emprego ou até mesmo dentro da empresa que trabalha para conseguir reconhecimento.

7- CCNP Data Center Cisco

Essa certificação é feita para profissionais que querem trabalhar ou trabalham com data centers. Com ela, o profissional vai comprovar suas habilidade para projetar, gerenciar e implementar tecnologias em infraestrutura na área. Como o certificado de Data Center é oferecido pela Cisco, os profissionais acabam sendo qualificados para dominar tecnologias exclusivamente da marca.

O foco de quem segue por esse caminho costuma ser em  negócios digitais, especialmente virtualização e automação de data center.

8- MCSD

Empresas de todos os segmentos necessitam de desenvolvedores de aplicações, especialmente aplicações móveis. A certificação MCSD — Microsoft Certified Solutions Developer — foi feita para esses profissionais comprovarem suas habilidades para desenvolver soluções usando tecnologias locais e na nuvem.

O profissional que possui o certificado MCSD terá uma comprovação de que é capaz de criar aplicações personalizadas nas ferramentas de desenvolvimento da Microsoft.

Mas para  obter o certificado, é preciso estar totalmente familiarizado com as ferramentas da Microsoft e também ter uma experiência em criar soluções no ambiente empresarial.

A certificação MCSD é reconhecida no mundo todo, já que possui um padrão global das experiências exigidas.

9- CCNA

Essa é outra certificação oferecida pela Cisco, feita para pessoas que estão começando a carreira e querem comprovar os conhecimentos instalação, configuração e resolver problemas de redes e conexões.

Na CCNA, a parte prática é baseada no Cisco IOS e na CLI (Comand Line Interface).

Mas, atenção, essa certificação não vai focar em conhecimento para trabalhar só com produtos Cisco. O profissional vai ter conhecimentos que se apliquem a qualquer tecnologia, independente do fabricante, como Huawei, Juniper, HP e outros.

Esse certificado é muito procurado pois além ser reconhecida no mundo todo, atende profissionais em várias áreas distintas de TI:

  • Data Center (física, virtual e cloud);
  • IoT (Internet of Things);
  • Roteamento e Comutação;
  • Computação na Nuvem;
  • Segurança de Rede;
  • Design (Arquitetura).

Uma grande vantagem de possuir essa certificação é que o mercado de trabalho é bastante amplo. O profissional certificado pode trabalhar em parceiros Cisco, clientes da Cisco ou até mesmo abrir uma empresa e prestar serviços e revender produtos Cisco.

10- CISSP

O CISSP — Certified Information Systems Security Professional — é uma das principais certificações para profissionais da área de segurança da informação.

Ela permite que esse profissional possa trabalhar no desenvolvimento de aplicações e computação na nuvem.

Em geral, quem tem esse certificado tem uma atuação forte no combate a ataques cibernéticos e monitoramento de redes para que consiga evitar ataques. Esse profissional também trabalha na conscientização sobre a importância da segurança da informação dentro da organização.

O teste dessa certificação conta com 250 questões e tem duração de 6 horas.  Para ser aprovado, é preciso obter uma nota superior a 700, de um total de 1000, Essa certificação em TI também é reconhecida no mundo todo já que  é uma das mais procuradas quando se trata de segurança cibernética.

11- RHCE

No meio dos profissionais de TI existem diversos tipos de certificações. Mas, como saber em qual investir? Existem diversas, como citamos algumas opções acima, mas tudo irá depender de quais serão os seus objetivos profissionais. 

E se você procura por desenvolvimento no open source, entenda o que é a certificação do Red Hat

Essa certificação é ideal para engenheiros certificados (RHCE) e, é o melhor programa para profissionais de TI que trabalham com o sistema de infraestrutura corporativas e também com banco de dados. O que é possível realizar com esse programa, são:

  • Configuração de parâmetros de Kernel, iSCSI e rede;
  • Configuração de logs de sistema;
  • Configuração de processos de automação dentro do sistema;
  • Configuração de serviços de rede (HTTP/HTTPS, FTP, NFS, SMB, SMTP, SSH e NTP).

Se a sua empresa possui serviço de TI, essa certificação é muito importante, além de oferecer mais ferramentas para controlar e expandir o sistema.

Cerca de 91% dos gerentes de TI acreditam que as certificações são essenciais na hora de contratar algum profissional e também de adivinhar e o funcionário dará ou não certo na empresa.

Além disso, outro dado muito interessante e importante, é que aproximadamente 82% das empresas utilizam sites de emprego para contratarem pessoas para vagas Linux, requisitam que as empresas façam parte da Red Hat Certified Professionals.

12- LPIC

A certificação LPIC-1 é o primeiro nível da suíte de certificações que o Linux Professional Institute desenvolveu. É uma certificação internacional, que gera muito conhecimento para o profissional de TI. A certificação LPIC está entre as mais procuradas do mundo por profissionais da área de Tecnologia da Informação.

A certificação da LPIC possui diversas exigências, desde a configuração e arquitetura de sistemas Linux ou, até outros mais aprimorados. 

  • LPIC-1: Linux Administrator;
  • LPIC-2: Linux Engineer;
  • LPIC-3 300: Linux Enterprise Professional.

Com essa certificação, o engenheiro de TI possui toda a estrutura para começar a trabalhar em sistemas de Linux dentro de uma empresa, focando sempre na automação, otimização e segurança. 

13- MCSE

Esse certificado é Emitido pelo Microsoft, o MCSE — Microsoft Certified Solutions Expert, ou Especialista em Soluções Certificado pela Microsoft —  e tem cada vez mais destaque no cenário mundial da Tecnologia da Informação. 

Para você entender um pouco melhor qual a importância dessa certificação, quem já tem ela conquistada, consegue oportunidades mais facilmente em trabalhar na Microsoft, além de vagas que necessitam de conhecimentos em computação na nuvem em qualquer negócio. 

Para melhorar ainda mais o nível de especialização dos profissionais de TI, o MCSE oferece diferentes certificações em:

  • Infraestrutura de servidor;
  • Infraestrutura de desktop;
  • Plataforma de dados;
  • Mensagens e comunicações;
  • Computação em nuvem privada;
  • Business Intelligence;
  • SharePoint.

Cada um desses citados acima trarão ótimas oportunidades para você. Portanto, escolha o que melhor se enquadra com o seu desejo profissional. 

14- CISM

A tecnologia está cada vez mais presente em nosso dia a dia, principalmente nas empresas. Por isso, a segurança digital é um assunto que está muito presente no meio de toda essa tecnologia e acabou se tornando uma preocupação indispensável.

E para realizar o teste, é necessário que se tenha pelo menos cinco anos de experiência com segurança da informação.

O mais interessante disso, é que caso você tenha já tenha conhecimento em desenvolvimento, concepção e gestão de iniciativas de segurança em empresas, a certificação do CISM se torna ainda mais interessante para o seu currículo. As chances de ter salários e cargos melhores é muito maior. 

15- MCITP

A certificação MCITP — Microsoft Certified Information Technology Professional, ou Profissional da Tecnologia da Informação Certificado pela Microsoft — permite que você amplie suas oportunidades. Com ela, você consegue administrar banco de dados, mensagens corporativas e diversos outros setores da área da TI.

O certificado pode ser retirado em seis especialidades:

  • Windows Client;
  • Windows Exchange Server;
  • Windows Lync;
  • Windows Server;
  • Windows Share Point;
  • Windows SQL Server.

Quanto mais delas você possuir, melhor para alcançar os cargos desejados. 

Conclusão

Investir na sua carreira ou carreira de seus colaboradores, independente da área, é muito importante. Na área de TI, então, é primordial pois novas tecnologias são inseridas no mercado todos os dias e a demanda por profissionais também só aumenta.

Conclusão sobre a importância das certificações de TI | TiFlux

Como já dissemos, ter uma certificação faz toda a diferença na hora de atender o cliente e solucionar os problemas de forma rápida e eficiente. Portanto, é uma forma de investir na qualidade dos serviços.

Ainda sobre o investimento e profissionalização dos serviços, que tal se inscrever em nosso blog e estar sempre antenado nas novidades e atualizações?

Temos muitos conteúdos já publicados que vão ajudar você e seu time a se desenvolver cada vez mais.  

Caso você queira saber como treinar uma equipe de TI de sucesso, confira esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 12 =