A área de TI vem crescendo cada vez mais, se tornando uma das mais importantes do mercado. Quando ela comete erros de gestão, a empresa inteira pode ser atingida. Por isso, os gestores precisam dar tiros certeiros na hora de tomar decisões para alavancar a organização e não fazer o contrário.

Temos ótimos artigos que dão dicas de como fazer a gestão de TI, mas sabemos que cada empresa pode ter a sua realidade. É complicado dizer exatamente o que um gestor deve fazer para ter sucesso. Decidimos então fazer um artigo com dicas de técnicas que diga o que não fazer como gestor, para assim, evitar os piores cenários.

Conceito de gestão

Antes de começar explicando quais os erros que não se deve cometer, vamos explicar o conceito de gestão. Inúmeras vezes, no mundo corporativo, assumimos que todos sabem exatamente o que é gestão, porque de fato parece algo super simples, não é mesmo?

Mas se engana quem pensa assim.

De uma maneira bem simples, gostamos de definir a gestão como uma atividade administrativa do dia a dia que ajuda nos processos da organização, tentando sempre atingir os objetivos de maneira eficiente, valorizando todos os colaboradores e suas qualidades. 

Contudo, é necessário que o gestor tenha técnicas de administração capazes de manter o ritmo e a essência de sua equipe.

Por outro lado, seu real conceito a gestão tem como princípios básicos incentivar a participação dos times, encorajar a liberdade e também, a responsabilidade de todos. 

Além disso, existem tipos de gestão que podem ser usadas em conjunto para melhorar os resultados da sua empresa, a fim de estimular a produtividade, a análise de dados, planejamento, organização e controle de informações. Confira abaixo quais os tipos que existem:

  • Gestão de pessoas: a gestão de pessoa é tudo que diz respeito ao recursos humanos da empresa, ou seja, as habilidades, métodos, políticas, técnicas e práticas adotadas dentro da empresa.
  • Gestão de processos: Cuida do que é fundamental para o bom funcionamento do negócio. Pois quando todos os processos estão alinhados, fica mais fácil melhorar a produtividade, tornando o fluxo de trabalho menos burocrático e mais leve, para entender a real necessidade de cada um da equipe.
  • Gestão de projetos:  a gestão de projetos gira tudo em torno do desenvolvimento das atividades da empresa, desde os recursos previsto, o tempo das atividades, custos, estratégias, riscos, cumprir prazos acompanhamento do cronograma e, métricas de qualidade das entregas.
  • Gestão de tempo: é você poder controlar o tempo da sua equipe ou de toda empresa por meio de planilhas de horas trabalhadas, ou de um sistema automatizado. 

Existem diversos modelos de gestão que pode-se aplicar dentro de uma corporação mas agora, vamos direto ao ponto dar algumas dicas para nunca mais errar na gestão da sua empresa que pode ser aplicada em diversas áreas. Vamos lá?

1. Fingir que os erros de gestão não existem

Colocamos este tópico em primeiro lugar pois antes de saber o que fazer ou não fazer, é importante ter em mente que os erros de gestão existem e estão lá para serem encontrados e solucionados. Situações complicadas podem ocorrer se um gestor evitar os problemas, afetando os processos. Exemplos disso são:

  • Sobrecarga de tarefas em cima dos colaboradores;
  • Não procurar uma ferramenta de qualidade para fazer a gestão dos processos;
  • Não investir em treinamentos;
  • Pouca cobrança em cima dos colaboradores.
  • Sabemos que ser gestor não é fácil, mas ter consciência das suas falhas é o primeiro passo para fazer uma boa gestão.

2. Não buscar novas tecnologias

TI é a área da inovação. A todo momento surgem novas tecnologias e as já existentes passam por frequentes atualizações.

Um dos maiores erros de gestão é ignorar as novidades do mercado, insistindo em softwares e tecnologias obsoletas. Isso gera custos maiores para a organização, que crescem num ritmo desacelerado de mercado e não traz o retorno esperado.

Tecnologias como a virtualização e computação em nuvem diminuem consideravelmente os custos de TI. Empresas cujo gestor fica de olho nas novidades crescem constantemente em uma velocidade tecnológica.

Outra questão extremamente relevante é o investimento em softwares de gestão de processos e fluxos da TI. Uma gestão aprimorada de processos garante melhores resultados e economia de recursos nas empresas. Além disso ela ajuda a evitar erros de gestão nas tomadas de decisão.

3. Não se preocupar com a segurança da informação

Uma parte que chama a atenção no nosso artigo sobre hackers é a variedade de formas que eles atacam, por isso, a segurança da informação é tão importante. 

Entre vários tipos de ataques que ocorrem diariamente, o ataque de ransomware vem sendo muito frequente e é um tipo de ataque que pode criptografar uma rede de computadores rapidamente.

Para não comprometer a organização o gestor deve colocar medidas de segurança na organização (técnicas e procedimentos) e manter sempre todos os softwares atualizados. 

Um dos piores erros de gestão pode ser falhar nisso, pois compromete os negócios do cliente, deixando-os vulneráveis. Os retrabalhos e incômodos que podem surgir da má realização dessas atualizações podem acabar com uma empresa.

Uma maneira interessante de exercitar a segurança na TI é a prática do Pentest. Através dele é possível verificar falhas detalhadas de segurança e encontrar soluções para elas.

4. Não definir indicadores e metas

O gestor de TI deve manter em funcionamento toda a infraestrutura tecnológica da empresa. Para isso ocorrer de forma eficiente, ele precisa definir todos os serviços com indicadores de performance e metas para incentivar os colaboradores.

Não expor onde a empresa deseja ir e como analisar seus passos pode acarretar em outros erros de gestão gravíssimos. Sem objetivos claros é fácil confundir números e se enganar com relatórios ou indicadores falhos. Isso por sua vez pode influenciar em más decisões de negócio e administração de tarefas.

Muitas vezes isso deixa de ser feito pelo gestor da empresa. Mesmo que nesses casos os serviços mantenham qualidade, a equipe se sente “bagunçada”. A realização de serviços que, normalmente, não são a maior prioridade dão a impressão de que não há foco. Por isso esses parâmetros devem ser bem definidos.

5. Não realizar ações preventivas

Utilizando, por exemplo, um catálogo de serviços, o gestor tem em mãos as informações dos problemas mais comuns dos clientes. Dessa forma é importante que ocorram ações preventivas para diminuir a quantidade de problemas recorrentes. Mostrar relatórios desses problemas aos clientes é profissional e valoriza muito o trabalho da TI.

Esses são alguns dos erros mais cometidos por gestores. Não necessariamente eles são cometidos de propósito. Em alguns casos as rotinas e a pressão das atividades acabam nos direcionando para esse tipo de ação menos estratégicas.

Por isso é importante estarmos sempre antenados, evitando os erros de gestão que podem comprometer nossos negócios e buscando novas ideias e trocas de experiências, como esses artigos!

6. Pouca atenção aos usuários e suas necessidades

Na área de TI da sua companhia possui diversos usuários, certo?— Na maioria das vezes, quase toda a empresa ou clientes, dependendo de qual produto ou serviço que é oferecido. Mas, mesmo que você não ofereça serviços para usuários externos, não deixe de dar a devida atenção para eles. 

É importante que todas as solicitações de seus usuários sejam atendidas para que a produtividade de sua equipe não seja prejudicada. Uma simples mudança ou ideia que pode parecer irrelevante mas,  pode ser a grande oportunidades para melhorar a produtividade, reduzir os custos e ainda melhorar o ambiente. 

7.Recrutamento e seleção sem critérios

O recrutamento e seleção certa de quem irá entrar dentro da sua organização é um fator muito importante no processo. Você tem que estar assegurado de ter feito a aquisição de profissionais competentes e com aderência à cultura organizacional. Quando isso é mal feito, pode gerar várias ações, desde atividades executadas de maneira errada, equipe e clientes insatisfeitos, gastos da companhia e até outros problemas mais sérios.

Para garantir bons resultados, é necessário ter critérios claros para realizar a contratação, por isso, defina de maneira clara e específica os conhecimentos, habilidades e atitudes que o cargo em aberto necessita. Após isso, realize o processo de contratação (entrevistas, conversa e assim por diante). 

Realizar uma boa gestão empresarial exigem certos cuidados, a fim de realizar o gerenciamento de projetos da equipe de modo que faça a empresa ter ainda mais sucesso no que for fazer.

Então, você gostou de nosso conteúdo? Deixe-nos seus comentários, compartilhe com seus amigos. Ficou alguma dúvida? Estamos aqui para te ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × quatro =