Como funciona um gerenciador de senhas

Com certeza senha é algo que faz parte da sua rotina. Muito provavelmente também já ouviu falar sobre criar senhas seguras (embora muitos ainda não entendam a importância disso). Mas com a quantidade de senhas que você tem, tanto pessoal, quanto na empresa, já pensou em usar um gerenciador de senhas?

Não sabe nem o que isso significa? Então fica com a gente que vamos explicar o que é um gerenciador de senhas e como ele funciona.

Mas, antes, vamos falar sobre senhas seguras.

Como criar senhas seguras

Isso mesmo. Por incrível que pareça para algumas pessoas, muitos usuários internet a fora não sabem a importância de ter uma senha segura para os seus acessos. Utilizar senhas fracas facilita muito o trabalho dos hackers.

De senhas de e-mails a servidores, se a sua senha for fraca você está vulnerável e pode sofrer invasões piratas. As pessoas que já estão atentas a esse tipo de segurança podem achar que a utilização de senhas fracas não é tão frequente, mas entre as senhas mais utilizadas em serviços online em 2018, segundo o relatório da empresa de segurança em Ti SplashData, estão: “123456”, “password” e “123456789”.

E, claro que utilizar uma senha desse tipo não é nem um pouco recomendado. Por isso, listamos  boas práticas para auxiliar na hora de criar senhas seguras:

  • Senhas seguras devem conter: letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais. Isso vai deixar sua senha menos vulnerável e dificultar que alguém descubra  ou use de força bruta para quebrar a criptografia;
  • É comum descuidarmos e uma senha ou outra ficar descoberta.

Compartilhamento

Seja por você ter divulgado para outrem ou, ainda, porque você já a utilizou em vários equipamentos podendo ela ter sido interceptada. Sem contar as senhas do trabalho onde ocorrem de serem compartilhadas entre grupos de pessoas. Será que a cada desligamento de alguém do grupo a senha foi trocada? Para evitar essa dor de cabeça e fica tranquilo, troque as suas senhas com frequência;

  • Existem muitas pessoas que para facilitar usam uma única senha para tudo na vida. Nunca utilize a mesma senha em diversos serviços. Esse cuidado evitará que caso alguma senha seja descoberta não comprometa os demais serviços.

Dicas relativamente fáceis, certo? Mas se multiplicarmos isso para a quantidade de senhas que você, especialmente a última, de não repetir. Fica inviável, neh? É aqui que entra nossa dica de ouro: usar um gerenciador de senhas! Um bom software vai tornar sua vida fácil e segura.

O que é um gerenciador de senhas?

Mas, afinal, o que é um gerenciador de senhas? São softwares ou funcionalidades de softwares que criptografam e armazenam as suas senhas importantes em uma espécie de “cofre de senhas”.Tudo de maneira segura e confiável.

Ou seja, você armazena todas as senhas nesse programa e cria uma única para acessar todas as outras, quando necessário.

Nosso Software Service Desk, o TiFlux, tem a funcionalidade de gerenciador de senhas e é muito simples usar.

No software, é possível criar vários “cofres de senhas” e dentro de cada um, diversas pastas e subpastas para você se organizar da melhor forma. Isso permite que na hora que precisar consultar alguma senha você vai saber onde encontrar!

Os cofres suportam ainda o permissionamento para que você possa compartilhar somente com pessoas autorizadas. Ou seja, aquele usuário acessar os cofres que sejam essenciais para o grupo de trabalho. É como se tivesse um gerenciador de senhas por clientes e por áreas desse cliente, por exemplo.

Dentro dessa funcionalidade também é possível gerar senhas totalmente seguras para garantir a segurança e dificultar a vida dos hackers!

Gerenciador de senhas do TilFlux

Aqui vale a premissa de não utilizar a mesma senha para todos os seus acessos.

Treine seus funcionários e deixe-os blindados

Sem dúvidas, um bom gerenciador de senhas vai agregar uma camada de segurança para a operação de sua empresa. Mas isso não é suficiente para uma segurança eficiente.

Adicionalmente devemos conscientizar os colaboradores sobre os cuidados que devemos tomar. Os invasores têm a consciência de que o ser humano erra e que essa é, definitivamente, a maior brecha de qualquer empresa. Eles abusam principalmente disso, utilizando técnicas de engenharia social para capturar senhas, buscar vulnerabilidades e invadir os sistemas.

Portanto, o maior segredo para não sofrer uma invasão é se prevenir. A boa notícia é que isso não é tarefa difícil já que são muitas as soluções e ferramentas disponíveis no mercado para os diferentes desafios, como o gerenciador de senhas, por exemplo.

Hoje em dia a segurança da informação só tende a melhorar, o importante é conscientizar as pessoas dos riscos que elas correm e dar o devido suporte para evitar falhas.

Em breve vamos falar sobre os riscos da engenharia social e como evitá-la, registre-se em nosso blog e acompanhe nossos artigos. Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 2 =