O que é a tecnologia Blockchain

Nos últimos anos, as criptomoedas tem se popularizado no mundo todo e se falado muito sobre elas. E das milhares que existem hoje, a mais valorizada e famosa ainda é o Bitcoin, que foi a primeira a ser inserida no mercado. Devido ao sucesso do Bitcoin e sua alta valorização no mercado, muito tem se falado sobre a tecnologia por trás dela, o Blockchain. 

Muitas empresas falam que estão utilizando essa tecnologia para melhorar a segurança de suas ferramentas ou criar novas soluções para o mercado.

As organizações estão aderindo-a por conta de ser uma tecnologia inovadora e muito poderosa, um grande diferencial no mercado. Mas o que é de fato essa tecnologia e onde ela atua?

O que é a tecnologia Blockchain?

A tecnologia Blockchain atua, na prática, como um livro de razão pública (ou livro contábil) que faz o registro de uma transação de moeda virtual (a mais popular delas é o Bitcoin), de forma que esse registro seja confiável e imutável.

Essa tecnologia registra informações como a quantia de bitcoins transacionadas, quem enviou, quem recebeu, quando essa transação foi feita e em qual lugar do livro ela está registrada. Isso mostra transparência, uma das principais características da Blockchain. 

Essas informações ficam armazenadas em blocos. Cada transação é carimbada em um deles, com um registro de tempo e data, em um período de 10 minutos. Logo, é formado um novo bloco de transações que se conecta ao bloco anterior. 

Os blocos dependem um dos outros e por isso formam uma cadeia de blocos, por isso o Blockchain é uma das melhores tecnologias existentes para o registro de informações que necessitam de confiança, que é o caso das transações de criptomoedas.

Como surgiu a blockchain?

A Blockchain surgiu em 2008 para permitir que o bitcoin fosse criado e, segundo o documento que descreve como ele funciona, é “uma rede que marca o tempo das transações, colocando-as em uma cadeia contínua no ‘hash’, formando um registro que não pode ser alterado sem refazer todo o trabalho”.

No bitcoin, ela pode ser entendida como o conjunto de regras que fazem a moeda funcionar. E é ela que estabelece quantas operações são necessárias para encher um bloco.

Blockchain Live

Você pode observar as transações de bitcoins que passam por esses blocos ao vivo no site oficial do Blockchain.

Todos os dias o Bitcoin movimenta bilhões de dólares e isso já demonstra como o blockchain é confiável para efetuar essas transações com alto valor agregado.

Como o Bockchain pode ser usado?

Apesar de estar sendo utilizado por várias empresas dos mais variados segmentos, a tecnologia não é aplicável para todas as situações. Ela é perfeita para empresas que precisam registrar informações de uma forma confiável e transparente, como é o caso de empresas do mercado financeiro.

Mas também está sendo usado por empresas que fazem muitos registros, como por exemplo, grandes organizações do varejo.

Outra área que que já está aderindo ao uso do Blockchain em soluções, é a área da saúde. Os registros de saúde de pacientes são unificados e armazenados e, com isso, os dados dos pacientes ficam seguros e disponíveis para todos os médicos autorizados, para que eles possam acessarem quando necessário, podendo até ser utilizado pela indústria farmacêutica.

Muitos governos já estão utilizando o Blockchain para ajudar nos serviços públicos, como é o caso de Dubai que só será possível registar terras utilizando-a.

Outra solução bastante inovadora utilizando é a criação de contratos utilizando a plataforma Ethereum, que permite que contratos inteligentes sejam criados entre duas pessoas sem a necessidade de um intermediário. No Brasil, a empresa OriginalMy faz a autenticação de documentos trabalhando como se fosse um cartório online baseado na tecnologia Blockchain.

Conclusão

Como podemos ver Blockchain é uma das tecnologias mais inovadoras que apareceu nos últimos anos, mas nunca devemos tentar separar ela das criptomoedas pois um depende do outro para existir.Toda sua estrutura foi criada com um foco principal que é tornar as transações de criptomoedas seguras para os usuários e instituições e foi isso que o criador Satoshi Nakamoto pensou desde o início do desenvolvimento dessa tecnologia.

Continue acompanhando nosso blog  para ficar pode dentro de conteúdos como este.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − dois =