O que é DNS

Com a evolução da tecnologia, dificilmente nós precisamos memorizar sequência de informações, certo? O que realmente memorizamos são informações importantes como senhas, telefones, número de documentos, entre outros.

Agora imagine se para acessar o seu site predileto você precisasse memorizar uma grande sequência numérica. Isso seria algo completamente fora da realidade, né? Veja só: isto só acaba não acontecendo devido ao DNS! Para explicar um pouco melhor o que ele é, preparamos este conteúdo. Confira com a gente.

DNS, o que é isso?

Bom, o DNS (Domain Name Server), que em português significa Servidor de Nomes de Domínios, nasceu para facilitar a navegação da internet, ele funciona como um sistema de tradução de endereços IP para nomes de domínios. 

Sempre que um registro de domínio é registrado, é necessário configurar o servidor DNS.

Devido ao DNS, o usuário não precisa digitar a sequência numérica para acessar o site que deseja acessar. Sem o DNS, por exemplo, para acessarmos o site da TiFlux(www.tiflux.com.br), seria preciso digitar uma sequência numérica como 200.144.144.15.

Ou seja, sem o DNS, a navegação seria baseada em número gigantescos, ao invés de nomes como Yahoo.com ou Google.com.

Resumindo, o DNS traduz o nome do domínio para o seu IP,  que quer dizer que, quando você for acessar um site qualquer, o DNS vai traduzir o nome para um IP na internet.

Como funciona o DNS

Devido a internet ser muito grande, o sistema todo opera como um grande banco de dados, tudo organizado em servidores ao redor do mundo. A identificação dos sites ocorre da seguinte maneira: Primeiro, é identificado a máquina, o “www”. Segundo, o domínio “nomedosite + .com /.org / .edu / .net entre outros”. E em terceiro, o país de origem, como por exemplo no Brasil, “.br”.

Todo site na internet possui um DNS primário e um DNS secundário, para o caso do primeiro servidor falhar, o segundo entra no lugar. Dessa forma, é possível ter quantos servidores forem necessários e, caso um servidor falhe, o próximo da fila assume até haver uma resposta correta.

Importância do DNS para a rede

O servidor DNS é muito importante para a experiência do usuário durante a navegação, pois caso o DNS seja corretamente ajustado, ele favorece a navegação dos usuários. Ou seja, o DNS é o principal responsável pelo início da navegação do usuário no site, então, ele consegue reduzir o tempo de espera que envolve a tradução dos domínios para os seus IPs correspondentes.

Aqui, caso o DNS esteja mal configurado, o tempo de resposta para que os dados sejam traduzidos será mais demorado, fazendo com que os usuários tenham que esperar mais durante o acesso ao site.

É possível dizer que o DNS é uma engrenagem silenciosa que beneficia a boa conexão. E como as páginas estão cada vez mais robustas utilizando novas tecnologias, é importante que todos os mecanismo que trabalham para a conexão acontecer, estejam em pleno funcionamento.

O que fazer quando DNS não está respondendo

Muitas vezes o DNS pode não responder, como foi citado acima, e o usuário pode interferir para que ele volte a responder. Em algumas situações ele pode simplesmente parar de funcionar e, em outros casos, pode ser um problema da web, que acaba interferindo nos servidores. Logo abaixo vamos deixar algumas dicas do que se pode ser feito caso o DNS pare de funcionar.

DNS não respondendo no Windows

As principais causas que fazem um servidor não responder no Windows 10, 7 ou 8 podem ser as seguintes:

  • Problema no roteador ou adaptador de rede;
  • Anti-virus ou firewall bloqueando o acesso a internet;
  • Serviço de DNS com danos presente no dispositivo.

Esse alguns dos problemas mais recorrentes, a primeira coisa a ser feita para tentar resolver é reiniciar o dispositivo do modem. Após fazer isso, desligue o computador e espere alguns minutos, em seguida, religue todos os aparelhos e verifique se o problema foi resolvido.

Caso isso não funcione, você pode tentar resolver utilizando prompt de comando, seguindo os passos abaixo:

Inicie o prompt de comando apertando as teclas Windows + R e depois digite CMD:

Após abrir o prompt de comando digite os seguintes comandos, um por um:

  • Ipconfig / release;
  • Ipconfig / flushdns;
  • Ipconfig / all;
  • Ipconfig / renew;
  • Netsh int ip set dns;
  • Redefinir winsock netsh.

Esses comandos vão liberar o DNS e corrigir os erros, é importante após acionar esses comandos reiniciar o computador e a internet.

DNS não respondendo no MAC

Para resolver o problema de DNS não respondendo, você deve seguir os seguintes passos:

Clique no ícone da maçã que é o menu da Apple, após isso, clique em “Preferências do Sistema” e depois em “Rede”, e então verifique qual é a sua conexão ativa e clique nela, após isso, você deve clicar no botão “Avançado” e acessar a aba “DNS” e então apague os endereços IP que estiverem sendo mostrados na tabela esquerda e logo  após, clique no botão “+” para adicionar novos.

Se este conteúdo te ajudou, conta aqui pra gente nos comentários e continue conferindo nosso blog, toda semana com artigos fresquinhos produzidos especialmente para vocês. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =