Como aumentar a produtividade da equipe?

A área de TI não para de crescer nos últimos anos, assim como a demanda por profissionais qualificados. Consequentemente, também exige-se mais da produtividade da equipe para que consigam executar os serviços.

Isso porque, em geral, os custos e resultados das empresas estão diretamente ligados aos índices de produtividade da equipe. Portanto é extremamente necessário que os processos da empresa estejam estruturados e que existam meios de conseguir otimizar o trabalho da equipe, especialmente a de TI.

Como já sabemos que uma boa performance dos colaboradores é indispensável para as empresas, o desafio, agora, é encontrar a forma de aumentar a produtividade da equipe. Mais ainda, obter os indicadores certos de produtividade e usar os dados de forma eficiente.

Os indicadores vão mostrar como aumentar a produtividade

Indicadores de performance são ferramentas que servem para medir e fornecer os dados necessários para melhorar a eficiência dos processos. A partir deles é possível otimizar o desempenho de colaboradores e  identificar problemas que não podiam ser visualizados anteriormente.

Outro grande motivo de utilizar os indicadores é na hora de bonificar os colaboradores. Com os números e dados em mãos é possível definir metas reais e prever bonificações baseadas no alcance total ou parcial dessas metas.

Produtividade da equipe é diferente de produção

Mas, atenção, aumentar a produtividade da equipe não quer dizer aumentar a produção. O aumento de produção significa que a empresa irá gerar mais produtos/serviços. Em geral, isso é obtido por meio de horas extras, aumento de funcionários, aquisição de máquinas etc.

Enquanto o aumento de produtividade está mais relacionado a melhoria dos processos de produção. Ou seja, significa otimizar os fatores que contribuem para o desenvolvimento ou comercialização do produto.Tudo obtido por meio de controle e qualidade.

A tecnologia a seu favor

A boa notícia é que você não precisa medir tudo no papel e muito menos numa planilha de Excel. Hoje em dia é possível automatizar processos do registro dos dados para fazer o acompanhamento dos índices de produtividade, o que diminui consideravelmente as chances de erros de cálculo. Com essa Gestão de Serviços também é possível fazer o cruzamento dos indicadores, que pode facilitar a sua análise e melhorar as tomadas de decisões.

Então, podemos concluir que não é possível melhorar algo sem antes medir! Com os indicadores alinhados aos processos, as melhorias irão ocorrer de forma muito natural pois você vai conseguir enxergar os buracos e as falhas críticas.

Gostou do artigo? Temos muito mais conteúdo em nosso blog para lhe auxiliar!

Acompanhe sempre =D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − sete =